24 de dez de 2013

Gestão Ambiental destina mudas de árvores a São Lourenço do Sul

As praias de São Lourenço do Sul vão ficar ainda mais verdes e belas para os próximos verões. Isso porque a orla do município, banhada pela Lagoa dos Patos, recebeu 500 mudas de árvores referentes ao plantio compensatório das obras de duplicação da BR-116/RS. Das 475 corticeiras-do-banhado entregues pela construtora MAC-Tardelli (lote 09), 200 unidades foram para o Largo Laura Abreu – tradicional ponto de encontro do balneário – e outras 275 tiveram como destino o Parque Recanto das Ilhas. Já a SBS (lote 08) plantou 25 figueiras nas proximidades da Praia da Barrinha e no camping da cidade.
A Gestão Ambiental (STE S.A.) do empreendimento participou da definição dos locais e irá monitorar o desenvolvimento das plantas. De acordo com a engenheira florestal da Gestão, Aline Ceolin, a costa foi indicada para as corticeiras devido ao amplo espaço e às características do solo. “São espécies que se adaptam muito bem em terreno plano e úmido”, explicou. Já as figueiras, tão simbólicas na região, destacam-se pelo potencial paisagístico. De acordo com a bióloga da Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente, Maria Cecília Monteiro, a parceria com a Gestão Ambiental foi uma oportunidade que a cidade não podia perder. “Foram escolhidas áreas bem importantes e onde antes não existia vegetação. Acredito que daqui a alguns anos teremos um cenário muito bonito”, afirmou. Ainda em São Lourenço do Sul, o consórcio Pelotense-CC (lote 06) plantou 25 corticeiras em área da Escola Agrícola Estadual Santa Isabel.

Além disso, Camaquã também acolheu mais de 150 mudas de butiazeiros, corticeiras, figueiras, cambarás e jerivás. Os exemplares, referentes ao consórcio Trier/CTESA (lote 04), foram alocados na estação experimental da Associação dos Usuários do Perímetro de Irrigação do Arroio Duro (AUD) e na Barragem do Arroio Duro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...