21 de dez de 2012

Programa de Compensação para as Unidades de Conservação

Em função da obra de duplicação da BR-101 Sul, o DNIT destinou um montante de recursos financeiros para implementar medidas compensatórias em Unidades de Conservação, dentre elas o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

O Parque é a maior Unidade de Conservação de proteção integral do Estado de Santa Catarina. Ocupa cerca de 1% do território catarinense, com uma extensão de aproximadamente 84.000 hectares.


Foi criado no ano de 1975 por iniciativa do renomado pesquisador catarinense, padre e botânico Raulino Reitz, através do Decreto n° 1.260/75. A gestão do Parque é realizada pela Fundação do Meio Ambiente – FATMA, abrangendo áreas de oito municípios (Florianópolis, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, Águas Mornas, São Bonifácio, São Martinho, Imaruí e Paulo Lopes), o Parque protege extensas áreas de serras, planícies e também ilhas costeiras - Fortaleza/Araçatuba, Três Irmãs, Moleques do Sul, Siriú, Coral, Cardos e a ponta sul da Ilha de Santa Catarina.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...