8 de out de 2013

Estudantes de Agronomia visitam jazida no Contorno de Pelotas

Oportunizar o conhecimento de ações de Gestão Ambiental na região foi o que incentivou a visita dos estudantes do curso de graduação de Agronomia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), na sexta-feira (26/07), a uma jazida utilizada para extração de materiais para as obras de duplicação da BR-116/392 – empreendimento sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A atividade, complementar da disciplina Recuperação de Áreas Degradadas, contou a participação da equipe de Supervisão Ambiental (STE S.A.) e do Consórcio Contorno.


Sendo uma cadeira optativa composta por acadêmicos do 6º ao 9º semestre do curso, a disciplina tem como principal objetivo mostrar o papel do agrônomo na recuperação de áreas degradadas. Na Jazida EC01, local de extração mineral de argila para as obras de duplicação do lote 1-B no Contorno de Pelotas, este trabalho foi visualizado pelos estudantes, uma vez que os processos de extração e recuperação estão ocorrendo concomitantemente. A área está sendo fracionada para que o tempo de exposição do solo sem cobertura vegetal seja minimizado, evitando danos como a erosão e o assoreamento, por exemplo.

“É fundamental ver a recuperação de áreas degradadas na prática, isso complementa a parte teórica”, disse a estudante do 6º semestre, Daniela Höhn. Com interesse no setor de floricultura, Daniela revela também gostar da recuperação ambiental. “É uma área de trabalho que está crescendo muito”. De acordo com a professora do curso, Flávia Fontana Fernandes, há um esforço muito grande para garantir que os estudantes tenham contato com a prática, uma vez que o que se vê em sala de aula nem sempre é suficiente para mostrar as possibilidades do mercado de trabalho. “São estas visitas que vão despertando o interesse nos mais diferentes setores”, afirmou.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...